Guia de Episódios Prólogo Primeiro Ato Segundo Ato Terceiro Ato Quarto Ato

Produção #V711 - Episódio 11


ROTEIRO DE
S
usanne Beck & Melissa Good


ADAPTAÇÃO PARA A TV
Susanne Beck


BASEADO EM IDÉIA DE ESTÓRIA DE
Rob Tapert


DIRIGIDO POR
Denise Byrd

PRODUZIDO POR
C
arol Stephens


IMAGENS DAS CENAS
Judi Mair


TRABALHO ARTÍSTICO
Lucia & Linda (Calli)


GRÁFICO COM O TÍTULO DO EPISÓDIO
Linda (Calli)

TRADUZIDO DO INGLÊS POR
Chris Burle


 

PRÓLOGO

 

FADE IN:

 

CENA EXT. FLORESTA - DIA

 

Uma gota de água cai dentro de um raso poço, enviando ondulações concêntricas pela calma superfície. As ondulações se alongam enquanto a água começa a se mover, formando um riacho que corre por sobre um leito de pedras.

 

A água aumenta de velocidade e se torna um raso córrego, e depois um rio barulhento, que continua em um perigoso ritmo descendo por uma pequena montanha.

 

O despenhadeiro da montanha abruptamente termina e o rio vai terminar em uma massiva queda-d'água, mergulhando dentro das frias profundezas de um lago sombrio.

 

Abaixo da superfície, vê-se dois grupos de pernas, chutando fortemente na água encrespada. Acima da superfície, ouve-se risos e gritos alegres sobre o ruído da cachoeira.

 

 

XENA e GABRIELLE nadam e esguicham água no lago, perto de onde a cachoeira se encrespa. Xena se aproxima de sua parceira e sussurra algo no ouvido de Gabrielle. O sussurro causa um brilhante rubor que sobe pela garganta de Gabrielle e, com uma risada perversa, Xena nada até o litoral.

 

Depois de um momento, Gabrielle se sacode para fora de seu torpor e corre atrás de sua parceira.

 

 

Xena reduz a velocidade intencionalmente, trazendo os pés para baixo de si e se levantando para fora do lago. A água cobre seu corpo como uma pequena cachoeira caindo dele, e ela sorri, ouvindo a ruidosa aproximação de Gabrielle.

 

 

Três leves passos e ela está em terra firme, se apoiando de pé contra o sólido rochoso bem na hora em que Gabrielle a agarra em volta da cintura por trás.

 

A umidade da pele de Xena impede Gabrielle de agarrar firme. Quando Gabrielle consegue se segurar melhor, Xena congela no lugar, com a cabeça levantada para um lado, ouvindo.

 

Gabrielle igualmente congela, e sua cabeça vem para fora em volta de um dos lados de Xena, a tempo de ver doze MULHERES de várias idades entrando na clareira. Todas estão vestidas em mantos brancos e têm simples peças douradas de cabeça em cima de seus flutuantes cabelos.

 

A mais velha, uma jovem mulher de uns vinte anos, caminha adiante, com um olhar que irradia beatificação em seu rosto.

 

MULHER

(com um sussurro aterrorizado)

Pela doce misericórdia de Héstia. Sacerdotisa Lia!
Você voltou para nós em nosso momento de necessidade!

 

As outras mulheres arfam e caem de joelhos em reverência.

 

Xena e Gabrielle olham fixamente para as mulheres, depois uma para a outra.

 

 

FIM DO PRÓLOGO

 

PRIMEIRO ATO